Agência Municipal de Regulação de Serviços Públicos de Teresina
Teresina, 22 de Julho de 2017

Institucional

Curriculo

EDVALDO MARQUES LOPES

Nasceu em Teresina – PI, em 19 de agosto de 1956. Filiação: Raimundo Nonato Lopes e Antônia Barbosa Marques Lopes (in memoriam). Esposa: Maria do Rosário Carvalho Airemoraes Lopes. Filhos: Eduardo Airemoraes Lopes e Rosanne Airemoraes Lopes. Netos: Marcílio Rangel Neto e Sofia Lopes Di Miceli.

Edvaldo Marques Lopes é Coronel da Polícia Militar do Piauí. Bacharel em Segurança Pública, pela Academia de Polícia Militar de Pernambuco (1978). Bacharel em Direito, pela Universidade Federal do Piauí (1982). Graduado em Educação Física, pela Escola de Educação Física da Polícia Militar do Estado de São Paulo (1984). Especializado Educação em Direitos Humanos, pela Universidade Federal do Piauí (2001). E, Especializado em Segurança Pública, pela Polícia Militar da Bahia, em convênio com a Universidade Estadual da Bahia (2003).

Cargos e funções profissionais: Comandante do Comando de Operações Especiais (COE); Comandante da Companhia de “Cosme e Damião (CODAM); Comandante do Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças (CFAP); Comandante do 2º Batalhão de Polícia Militar (Parnaíba-PI); Subsecretário de Segurança Pública do Piauí (1999/2000); Chefe do Gabinete Militar da Governadoria (2002); Assistente Militar do Tribunal de Justiça (2002); e, Comandante Geral da Polícia Militar do Piauí (2003-2006).

No Comando Geral da Polícia Militar: realizou o primeiro grande concurso público para 500 (quinhentas) vagas para soldados; trabalhou a formação humanizada de policiais militares na capital e no interior do Estado; e, requalificou, na capital, policiais militares da Corporação.

Criou e implantou os seguintes órgãos: Comando de Operações Especiais (COE); Coordenadoria de Gerenciamento de Crises e Direitos Humanos (CGCDH); Coordenadoria de Policiamento Comunitário e Cidadania (CPCC); Batalhão de Operações Especiais (BOPE).

Implantou projetos sociais: Pelotão Mirim (1998 no 2º BPM, em Parnaíba; e 2003 no 8º BPM, em Teresina); Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (PROERD); e, Equoterapia na Cavalaria da Polícia Militar (atividade com cavalo, sob coordenação de equipe multidisciplinar, para crianças com deficiência).

Eleito Vereador de Teresina em 2008, com 3.827 votos, pelo Partido Socialista Brasileiro (PSB-40). No primeiro mandato, foi eleito a 1º Vice-Presidente da Câmara de Vereadores, para o biênio 2009-2010 e a Presidente da Câmara da Municipal de Teresina, para o biênio 2011-2012, proporcionando as seguintes realizações: primeiro concurso público para servidor efetivo do Poder Legislativo Municipal, com a nomeação imediata de 36 aprovados; construção do Salão Nobre, do Acervo Histórico, e do Espaço para a TV e Rádio Câmara; Reforma e Ampliação do Plenário e da Presidência; aquisição de veículos para o Poder Legislativo e para o Transporte Eficiente do Município.

Participou das Eleições de 2010: suplente de Deputado Estadual, com 10.098 votos.

Reeleito no pleito eleitoral de 2012, com 3.998 votos. Líder do Prefeito na Câmara de Vereadores; Vice-Presidente da Comissão de Legislação Justiça e Redação Final; e, Presidente da Comissão de Finanças, Orçamento, Fiscalização Financeira e Ordem Econômica.

O Vereador Edvaldo Marques é autor de várias leis, decretos legislativos e resoluções no período dos mandatos 2009/2012 e 2013/2016.

Participou das Eleições de 2016: suplente de Vereador de Teresina, com 3.436 votos.

Em 02 de janeiro de 2017, nomeado pelo Prefeito Municipal para o cargo de Diretor Presidente da Agência Municipal de Regulação dos Serviços Públicos de Teresina (ARSETE), data em que também tomou posse no cargo.